Visualizações de página do mês passado

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Nos meandros das neblinas de Siruiz & A Canção de Siruiz para Lula



Fátima Oliveira
Médica - fatimaoliveira@ig.com  @oliveirafatima_


Desde 1º. de novembro comecei a veicular em meu twitter o que denominei de “RECADIM de Guimarães Rosa para Lula”, que são pequenas frases do escritor mineiro que acho que podem tocar carinhosamente em Lula no momento em que está vivendo, algo como gotas de carinho e de ternura para ele. 
A ideia dos “RECADIM”  decorre de um dos episódios de Dona Lô, escrito em 2 de janeiro de 2011 para a presidenta Dilma Rousseff, cujo título é:  Recadim de Guimarães Rosa pra Dilma: “Sapo não pula por boniteza, mas porque precisa” 
Os “recadins” de 1 a 8 foram publicados em: “RECADIM de Guimarães Rosa para Lula”: gotas de carinho e de ternura [Fátima Oliveira (03.11.2011)]
Tuitei 100 "Recadim de Guimarães Rosa para Lula, de 1º. a 17 de novembro de 2011. Todos serão publicados aqui, agora... São para Lula: gotas de carinho e de ternura na travessia das neblinas de Siruiz de sua luta contra a doença que vivencia.




Em minha mente as neblinas de Siruiz estão muito presentes, "molham a minha idéia", sempre. E a Canção de Siruiz é de uma beleza de entontecer... Daí o título da coletânea dos 100  "Recadim de Guimarães Rosa para Lula": Nos meandros das neblinas de Siruiz & A Canção de Siruiz para Lula
Mas quem é Siruiz? E as neblinas de Siruiz?
Espie... Entenda...
"Siruiz é um jagunço-poeta. A canção de Siruiz é uma toada bela, porém muito estranha, que Riobaldo ouviu, antes de fugir da fazenda do padrinho (na verdade: seu pai), quando alguém falou: "Siruiz, cadê a moça virgem?" Se "alembra" que ele respondeu entoando uma balada?
Era a canção de Siruiz – poema épico lírico sobre um encontro inevitável e fatal – que emocionou Riobaldo ("Aquilo molhou minha idéia") e virou um símbolo de criação poética: "O que eu guardo no giro da memória é aquela madrugada dobrada inteira: os cavaleiros no sombrio amontoados, feito bichos e árvores, o pisar dos cavalos e a canção de Siruiz. Algum significado isto tem?" (...)
A canção de Siruiz é uma preofecia da sina de Riobaldo. A melodia original se perdeu. Temos a composição de Luiz Henrique Xavier de uma "canção boiadeira", adaptada por Antônio Candido...
  (OLIVEIRA, Fátima. Nas neblinas de Siruiz  (O TEMPO, 11 de setembro de 2007).
"Riobaldo Tatarana gostava tanto desta canção que deu a seu cavalo preferido o nome dela: Siruiz".


Beagá, 17 de novembro de 2011
Primavera de 2011




100 "RECADIM de Guimarães Rosa para Lula":


#TaLubrinando Recadim de Guimarães Rosa para #Lula: Quando nada acontece há um grande milagre acontecendo que não estamos vendo. #ForçaLula

#TaLubrinando Recadim2 de Guimarães Rosa para Lula: O real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe é no meio da travessia #ForçaLula

Recadim3 de Guimarães Rosa para Lula: Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os fatos. Ou a ausência deles. Duvida? #ForçaLula

Recadim4 de Guimarães Rosa para Lula: Tem horas em que penso que a gente carecia, de repente, de acordar de alguma espécie de encanto. #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim5 de Guimarães Rosa para Lula: Eu estou depois das tempestades #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim6 de Guimarães Rosa para Lula: O sertão me produz, depois me engoliu, depois me cuspiu do quente da boca...  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim7 de Guimarães Rosa para Lula: Mestre não é quem sempre ensina, mas quem de repente aprende. #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim8 de Guimarães Rosa para Lula: Viver é um descuido prosseguido/Quem desconfia, fica sábio. #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim9 de Guimarães Rosa para Lula: A gente só sabe bem aquilo que não entende/A gente cresce sem saber para onde. #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim10 de Guimarães Rosa para Lula:  Julgamento é sempre perigoso, porque o que a gente julga é o passado #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim11 de Guimarães Rosa para Lula:  Tudo se finge primeiro, germina autêntico é depois  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim12 de Guimarães Rosa para Lula: Em matéria de religião, uma só é pouca. Bebo água de todo rio  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim13 de Guimarães Rosa para Lula: O diabo é às brutas; mas Deus é traiçoeiro! #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim14 de Guimarães Rosa para Lula: A colheita é comum, mas o capinar é sozinho #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim15 de Guimarães Rosa para Lula: “Quem mói no asp’ro, não fantaseia” #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim16 de Guimarães Rosa para Lula: Pão ou pães é questão de opiniães. #ForçaLula

Recadim17 de Guimarães Rosa para Lula: Sertão é onde o pensamento da gente se forma mais forte do que o poder do lugar #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim18 de Guimarães Rosa para Lula:  Acho que espírito da gente é cavalo que escolhe estrada  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim 19 de Guimarães Rosa para Lula: "Infelicidade é questão de prefixo." #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim20 de Guimarães Rosa para Lula:  Vingar, digo: é lamber, frio, o que o outro cozinhou quente demais. #ForçaLula

Recadim21 de Guimarães Rosa para Lula:  Sou peixe de grotão. Quando gosto é sem razão descoberta, quando desgosto, também  #ForçaLula

Recadim22 Guimarães Rosa para Lula: Enquanto houver no mundo um vivente medroso, um menino tremor, todos perigam - o contagioso #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim23 de Guimarães Rosa para Lula:  Ninguém tem a licença de fazer medo nos outros, ninguém tenha #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim24 de Guimarães Rosa para Lula:  O maior direito que é meu é que ninguém tem o direito de fazer medo em mim #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim25 de Guimarães Rosa para Lula: Qualquer amor é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim26 de Guimarães Rosa para Lula: Viver para odiar uma pessoa é o mesmo que passar uma vida inteira dedicado à ela #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim27 de Guimarães Rosa para Lula: Viver... bom, viver o senhor já sabe: viver é etcétera...  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim28 de Guimarães Rosa para Lula: Como é que o senhor, eu, os restantes próximos, somos, no visível? .#ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim29 de Guimarães Rosa para Lula: O sertão é sem lugar    #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim30 de Guimarães Rosa para Lula: O sertão não tem janelas, nem portas #ForçaLula

Recadim31 de Guimarães Rosa para Lula: A regra é assim: ou o senhor bendito governa o sertão, ou o sertão maldito vos governa #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim32 de Guimarães Rosa para Lula: Felicidade se acha é em horinhas de descuido #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim33 de Guimarães Rosa para Lula: Saudade é ser, depois de ter #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim34 de Guimarães Rosa para Lula: Sorte é isto. Merecer e ter #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim35 de Guimarães Rosa para Lula: Viver é um rasgar-se e remendar-se #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim36 de Guimarães Rosa para Lula: As coisas mudam no devagar depressa dos tempos  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim37 de Guimarães Rosa para Lula: Ah, mas a fé nem vê a desordem ao redor...  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim38 de Guimarães Rosa para Lula:  O trágico não vem a conta-gotas #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim39 de Guimarães Rosa para Lula:  Natureza da gente não cabe em certeza nenhuma #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim40 de Guimarães Rosa para Lula:  Esperar é reconhecer-se incompleto  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim41 de Guimarães Rosa para Lula:  entre as folhas/ de um livro-de-reza/um amor-perfeito cai #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim42 de Guimarães Rosa para Lula:  O verdadeiro amor é um calafrio doce, um susto sem perigos #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim43 de Guimarães Rosa para Lula:  Rezar muito e ter fé. Porque as coisas estão todas amarradinhas em Deus #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim44 de Guimarães Rosa para Lula: A vida é feita de poucas certezas e muitos dar-se um jeito  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim45 de Guimarães Rosa para Lula:  Fino, estranho, inacabado, é sempre o destino da gente #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim46 de Guimarães Rosa para Lula: De sofrer e de amar, a gente não se desfaz  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim47 de Guimarães Rosa para Lula:  No mais, mesmo, da mesmice, sempre vem a novidade #ForçaLula
#TaLubrinandoRecadim48 de Guimarães Rosa para Lula:  Todo abismo é navegável a barquinhos de papel #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim49 de Guimarães Rosa para Lula: Cada criatura é um rascunho a ser retocado sem cessar   #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim50 de Guimarães Rosa para Lula:  o bambual se encantava/parecia alheio/uma pessoa  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim51 de Guimarães Rosa para Lula: os aloendros/em fila/nos separavam do mundo #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim52 de Guimarães Rosa para Lula: Há qualquer coisa no ar/além dos aviões/da Panair... #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim53 de Guimarães Rosa para Lula:  Cada criatura é um rascunho a ser retocado sem cessar.#ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim54 de Guimarães Rosa para Lula: Tudo é real, porque tudo é inventado #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim55 de Guimarães Rosa para Lula: Coração de gente — o escuro, escuros #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim56 de Guimarães Rosa para Lula: O senhor sabe o que o silêncio é? É a gente mesmo, demais  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim57 de Guimarães Rosa para Lula: Nonada. O diabo não há! É o que eu digo, se for… Existe é homem humano #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim58 de Guimarães Rosa para Lula: De repente, por si, quando a gente não espera, o sertão vem #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim59 de Guimarães Rosa para Lula: Sertão, - se diz -, o senhor querendo procurar, nunca não encontra  #ForçaLula

Recadim60 de G Rosa para Lula A vida é ingrata no macio de si; mas transtraz a esperança mesmo do meio do fel do desespero #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim61 de Guimarães Rosa para Lula: Há uma hora certa, /no meio da noite,/uma hora morta, /em que a água dorme #ForçaLula

Recadim62 de Guimarães Rosa para Lula: É, e não é. O senhor ache e não ache. Tudo é e não é #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim63 de Guimarães Rosa para Lula A mandioca-doce pode de repente virar azangada motivos não sei  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim64 de Guimarães Rosa para Lula  Nas curvas de um bule tem-se sofrível espelho convexo, e numa colher brunida um côncavo razoável  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim65 de Guimarães Rosa para Lula: Sou o que não foi, o que vai ficar calado  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim66 de Guimarães Rosa para Lula:  Sei que agora é tarde, e temo abreviar com a vida, nos rasos do mundo #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim67de Guimarães Rosa para Lula:  Para ser um dia de chuva, só faltava mesmo que caísse água #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim68de Guimarães Rosa para Lula:  Burro não se mete em lugar de onde ele não sabe sair #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim69de Guimarães Rosa para Lula:  Quem viaja por terras estranhas, vê o que quer e o que não quer! #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim70 de Guimarães Rosa para Lula: Vamos, gente, pessoal, quem vai na frente bebe a água limpa!    #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim71 de Guimarães Rosa para Lula:   Boi apaixonado, que desamana, vira fera... #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim72de Guimarães Rosa para Lula:  Saudade em boi, eu acho que ainda dói mais do que na gente... #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim73 de Guimarães Rosa para Lula: Sossego traz desejos #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim74 de Guimarães Rosa para Lula: Porque eu só preciso de pés livres, de mãos dadas, e de olhos bem abertos  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim75 de Guimarães Rosa para Lula: O de hoje é um dia que comprei fiado #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim76 de Guimarães Rosa para Lula: A gente vive, eu acho, é mesmo para se desiludir e se desmisturar #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim77 de Guimarães Rosa para Lula: Ser chefe – por fora um pouquinho amargo; mas, por dentro, é risonhas flores  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim78 de Guimarães Rosa para Lula: Coração cresce de todo lado #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim79 de Guimarães Rosa para Lula: Coração vige feito riacho colominhando por entre serras e varjas, matas e campinas #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim80 de Guimarães Rosa para Lula: Coração mistura amores. Tudo cabe #ForçaLula

Recadim81 de Guimarães Rosa para Lula: Ser ruim sempre às vezes é custoso, carece de perversos exercícios de experiência #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim82 de Guimarães Rosa para Lula: Tive medo não. Só que abaixaram meus excessos de coragem #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim83 de Guimarães Rosa para Lula: Medo, não, mas perdi a vontade de ter coragem #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim84 de Guimarães Rosa para Lula: O bom da vida é para cavalo, que vê capim e come #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim85 de Guimarães Rosa para Lula: Um sentir é do sentente, mas o outro é o do sentidor #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim86 de Guimarães Rosa para Lula: Os passarinhos que bem-me-viam  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim87 de Guimarães Rosa para Lula:  Comandar é só assim: ficar quieto e ter mais coragem  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim88 de Guimarães Rosa para Lula:  A lembrança da vida da gente se guarda em trechos diversos #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim89 de Guimarães Rosa para Lula: O que lembro, tenho  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim90 de Guimarães Rosa para Lula: O sertão não chama ninguém às claras; mais, porém, se esconde e acena  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim91 de Guimarães Rosa para Lula: Não ria certas risadas/Aquilo molhou a minha ideia #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim92 de Guimarães Rosa para Lula: Toda saudade é uma espécie de velhice #ForçaLula

Recadim93 de GR para Lula: Manter firme uma opinião, na vontade do homem, em mundo transviável tão grande, é dificultoso #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim94 de Guimarães Rosa para Lula: O senhor tolere, isto é o sertão #ForçaLula

Recadim95 de Guimarães Rosa para Lula: A vida é muito discordada. Tem partes. Tem artes. Tem as neblinas de Siruiz #ForçaLula

Recadim96 de Guimarães Rosa para Lula: Amor vem de amor. Digo. Em Diadorim, penso também - mas Diadorim é a minha neblina...  #ForçaLula

Recadim97 de GRosa para Lula: O que eu guardo no giro da memória é aquela madrugada dobrada  inteira... o refinfim do orvalho   #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim98 de GRosa para Lula: ...a estrêla-d’alva, os grilinhos do campo, o pisar dos cavalos e a canção de Siruiz  #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim99 de Guimarães Rosa para Lula:  No sertão, o que é doideira às vezes é a razão mais certa #ForçaLula

#TaLubrinandoRecadim100 de Guimarães Rosa para Lula: Mais hoje, mais amanhã, quer ver que o senhor põe uma resposta #ForçaLula





Canção de Siruiz
João Guimarães Rosa e Wilson Dias
(Domínio Público)

JOÃO GUIMARÃES ROSA


Urubu é vila alta
Mais idosa do sertão

Padroeira minha vida
Vim de lá, volto mais não

Corro os dias nesses verdes
Meu boi mocho baetão

Buriti, água azulada
Carnaúba, sal do chão

Remanso de rio largo
Viola da solidão

Quando vou pra dar batalha
Convido meu coração



  Ouça: Canção de Siruiz (Joaci Ornelas)

11 comentários:

  1. Fátima, ficou uma maravilha. Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Caroline Mateus Ferreira17 de novembro de 2011 13:13

    Até choerei. Uma homenagem que a gente sente que saiu da alma

    ResponderExcluir
  3. Sem mais palavras além de dizer que é um texto belo

    ResponderExcluir
  4. Márcia Campos Ferreira17 de novembro de 2011 13:46

    Mama mia...
    Emocionante
    A Canção de Siruiz bate na alma

    ResponderExcluir
  5. Muito bem Fátima Oliveira! Acho a Canção de Siruiz uma das mais belas do mundo. Roberto Pompeu de Toledo também. Veja:

    (07 de fevereiro de 2001)

    A MÚSICA QUE VEM DOS LIVROS
    Roberto Pompeu de Toledo

    Carlos Swann jamais esqueceria a primeira vez que ouviu a pequena frase da sonata de Vinteuil. Ela lhe abriu a alma "como certos odores de rosa, circulando no ar úmido da tarde, têm a propriedade de dilatar-nos a narina". Quem leu Proust sabe do que se está falando – da Sonata para Piano e Violino, do compositor Vinteuil, executada insistentemente ao longo dos sete volumes de Em Busca do Tempo Perdido. Em especial, Carlos Swann, um dos principais personagens do livro, amava a pequena frase que, começando nos trêmulos do violino, depois se afastava e, "como numa dessas telas de Pieter de Hooch, cuja perspectiva é aprofundada pelo quadro estreito de uma porta entreaberta ao longe", aparecia "dançante, pastoral, intercalada, episódica, pertencente a um outro mundo". O leitor já ouviu música igual? Não surpreende que Swann sentisse, ao ouvi-la, "peculiares volúpias" e fosse conduzido a uma "felicidade nobre, ininteligível e precisa". Não surpreende que elegesse a "pequena frase" da sonata o "hino nacional" de seu namoro com Odette de Crécy.

    Agora, com perdão pelo salto brusco, dos finos salões parisienses para o rude sertão, da harmoniosa e culta França para o tosco e mal-ajambrado Brasil, adentremos outro livro sagrado, Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. Aproximemos o ouvido de suas páginas. Lá também soa uma música. Urubu é vila alta/ mais idosa do sertão, começa a letra. E termina: quando vou p'ra dar batalha/ convido meu coração. É a toada de Siruiz, que Riobaldo, o narrador do livro, ouviu apenas uma vez e nunca esqueceu. Siruiz era um jagunço que, nas andanças pelo mato, entre um combate e outro, para distrair os companheiros e a si mesmo, ia entoando canções. Ele "cantava coisas", diz Riobaldo, "que a sombra delas em meu coração decerto já estava".

    O que há em comum entre a sonata de Vinteuil e a toada de Siruiz já se percebeu: são ambas músicas de ficção. Esse Vinteuil, tal qual é descrito em Em Busca do Tempo Perdido, era um modesto professor de piano de província, de vida pacata e anônima, que no entanto, numa obra divulgada sobretudo após sua morte, se revela compositor de gênio. Em quem se teria inspirado Proust? As apostas são múltiplas: César Franck, Gabriel Fauré, Saint-Saëns. De modo semelhante, a sonata, tal qual é descrita nos livros, teria base nas sensações de Proust ao ouvir uma peça de algum desses compositores, ou talvez de Wagner, ou de Schubert. Mas para que tanta especulação? Vinteuil é Vinteuil, personagem de ficção, rigidamente ancorado em sua irrealidade. Igualmente, a sonata é fictícia, e por isso tão bela. Jamais uma música foi descrita de forma tão sublime. Por isso, é sublime.

    ResponderExcluir
  6. Cont...A MÚSICA QUE VEM DOS LIVROS
    Roberto Pompeu de Toledo

    Só a canção de Siruiz, para fazer-lhe face. Esse Siruiz morreu logo, em combate. Por isso Riobaldo não voltou a encontrá-lo. Ficou-lhe a canção. A letra ele decorou. Já a melodia, Riobaldo, que "entoa mal", pobremente a conservou. Mas o que queremos? Ficou o melhor, a sensação, descrita por Riobaldo, de que a música de Siruiz, ou pelo menos sua sombra, já lhe habitava o coração. Eis, explicado exemplarmente, o momento, entre todos mágico, que é aquele em que a música perpassa o ouvido e se acomoda na alma como se dela fizesse parte. Ou melhor: como se dela já estivesse fazendo parte há muito tempo. É como um reencontro. Aquela música já estava lá, tem-se certeza. De súbito, ao estímulo externo, ela sai do sono em que dormitava. É como uma revelação. Um transe místico. A música, aquela música, pela qual esperávamos há tanto tempo, nos sacode e nos devolve a nós mesmos.

    Nada como a sonata de Vinteuil, ou a canção de Siruiz. Nunca se ouviu nada igual, nem em Mozart, nem em Beethoven, nem em Pixinguinha. E nunca se ouviu nada igual porque nunca, na verdade, se ouviu nenhuma das duas. Não existem. O crítico literário americano Harold Bloom, na entrevista das páginas amarelas da edição passada desta revista, apontou a razão a seu ver mais forte pela qual ainda se deve ler a grande literatura, num mundo dominado pela abundância da informação. "A informação está cada vez mais ao nosso alcance", disse. "Mas a sabedoria, que é o tipo mais precioso de conhecimento, essa só pode ser encontrada nos grandes autores da literatura." Modestamente, aqui se aponta outra vantagem da literatura. Mestres como Proust ou Guimarães Rosa são capazes de produzir obras-primas da música que nem precisam ser ouvidas. Elas se bastam no silêncio.

    ResponderExcluir
  7. Dalva de Aguiar Pontes17 de novembro de 2011 20:39

    Cara Fátima, os recadins são muito carinhosos e cheios de lições de vida e também de conforto

    ResponderExcluir
  8. Fátima você foi muito carinhosa com Lula.

    ResponderExcluir
  9. Ei, Fátima, como vai?
    Não duvido de sua sensibilidade, mas algumas vezes, você exacerba.Parabéns pelo belo texto, com certeza,o Lula o merece.
    Abraços!
    Yone Gonzaga

    ResponderExcluir
  10. Querida Fátima, beijos pelas ternuras para Lula

    ResponderExcluir
  11. Um espetáculo bonito

    ResponderExcluir