Visualizações de página do mês passado

terça-feira, 31 de maio de 2011

Quero o aconchego de uma República laica e nada mais


Da conta de todo mundo: “PT esqueceu os trabalhadores”
Fátima Oliveira
Médica - fatimaoliveira@ig.com.br

Difícil escolher o que escrever. A semana foi pauleira. Um respiro: "Papa fecha convento em que freiras dançavam em cerimônias". Calma, não era o que na ilha de São Luís chamam "chateau" (leia: chatô), vulgo "casa de sexo pago"! De alvíssaras, só que as "Ligações entre cidades vizinhas ficam mais baratas para 68 milhões de brasileiros". E muita sofrença: "Crescem os assassinatos no meio rural"...
Vi padre Josimo sendo embalsamado: Imperatriz (MA), 10 de maio de 1986.

Catedral Nossa Senhora de Fátima, na Praça de Fátima-Imperatriz-MA; ao lado, a sede da Comissão Pastoral da Terra (CPT), em cuja entrada padre Josimo foi assassinado.
Imperatriz-MA
Imperatriz-MA


"O latifúndio matou, no Pará, os ambientalistas  José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo e, cinco dias depois, a testemunha do crime, o camponês Erenilton Pereira dos Santos"; "Em Rondônia foi assassinado Adelino Ramos, o Dinho, sobrevivente do massacre de Corumbiara (1995), do PCdoB e presidente da Associação dos Camponeses do Amazonas...".
José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito Santo

Velório de Erenilton Pereira dos Santos

Adelino Ramos, o Dinho
Na mira do latifúndio, poderíamos "anoitecer e não amanhecer"... Dormíamos com um revólver debaixo do travesseiro. Maranhão, 1987.
"Aprovado o Código Florestal: a batalha agora é no Senado"; "Carta de Aldo a Dilma defende Código Florestal"; "Marina pede o veto de Dilma ao texto aprovado";
"Quase 11 anos depois, o jornalista Pimenta Neves é preso"...
"Jovem é morta a facadas pelo ex-namorado em Neves"...


Abdias Nascimento
"Discussão sobre livro didático só revela ignorância da grande imprensa"; "Os xerifes da língua"; "Pesquisa Ibope/CDD: maioria dos brasileiros acredita que nenhuma mulher pode ser obrigada a ser mãe"; "Morre Abdias Nascimento, ícone negro"; "Morre Gil Scott-Heron, poeta negro visionário"...
Gil Scott-Heron
Gil Scott-Heron criou o poema-música "A revolução não será televisionada".
"
Roger Abdelmassih, cassado e condenado, continua foragido"; "Entrevista coletiva do ministro da Saúde com blogueiros"; "O plenário da Câmara aprovou a Medida Provisória nº 520/10, que cria a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares S.A. (Ebserh)", para administrar hospitais universitários...
"Inusitado: homem armado tenta roubar boi que pastava na rua"...


"O latifúndio matou
os ambientalistas
José Cláudio Ribeiro e Maria do Espírito
Santo e, cinco dias depois,
a testemunha do crime no Pará..." 

Do interesse de mandatários das Gerais: "Vereadores de BH apresentam notas ‘exorbitantes’, diz promotor"; "Mais um ônibus é incendiado em BH: são 13 em um mês"; "FHC desagrada PSDB e PT ao propor classe C como lastro social de oposição a Dilma"; "Serra nada, nada e vai à convenção como  afogado’"; "‘Despaulistização’ - Convenção servirá para ‘repaginar’ PSDB, diz Anastasia"; "Aécio faz 2 a 1 em Serra - Serra aceita acordo e assumirá Conselho Político do PSDB"...
"Tudo em família: Glória Pires coloca mais uma filha na Globo..."
Da conta de todo mundo: "Palocci diz que oposição tenta fazer o ‘terceiro turno’"; "PMDB segura CPI contra Palocci e faz Planalto refém"; "Palocci manda explicações ao procurador geral"; "Para não queimar Palocci, Dilma chama Lula e detona kit gay";
Mino Carta: "PT esqueceu os trabalhadores"...
"Constrangimento em dom Pedrito - Comandante Vasques abriu investigação sobre soldados que fizeram versão funk do Hino Nacional"...
"Parada gay em Moscou termina em briga e 40 presos"; "Travesti é assassinada por R$ 10 em São Paulo"; Norte de Minas: "Lavrador mata o amante a facadas: vítima ameaçava contar sobre o caso à namorada do suspeito"; "
Kit gay vetado pelo governo inclui vídeo usado em escolas desde 1995"; "A presidente Dilma investe, na próxima semana, numa ‘agenda positiva’"; "Após turbulências, Dilma comandará as articulações com o Congresso" e... o processo contra a "Época" et caterva (?).
Sinto falta de uma República laica e sem patriarcado!
Sem mais latim para gastar.


Publicado no Jornal OTEMPO  em 31.05.2011
Você também poderá gostar de ler:
Perdi a paciência: quero a República terrena de volta! - Fátima Oliveira
.......
http://1.bp.blogspot.com/_HyppqWkiCxQ/R8F-v6X-bbI/
PADRE JOSIMO TAVARES
Azuir Filho
(1953-10.05.1986)

Discípulo de Jesus, foi executado aos 33 anos de idade.
Transbordava de amor e luz, no cuidar da cristandade.
Cada um era um seu irmão, para com todo amor honrar,
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Não podia ter abandonado, nem ter o faminto indigente.
Todo mundo sendo irmanado na cidadania ser parente.
Em irmandade e na comunhão, todo mundo a se elevar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


A desigualdade é uma guerra, contra toda humanidade.
Pra todos o desfrute da terra, é de Deus é de irmandade.
Não é só lucrar em exploração, é pro humano alimentar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Um mundo de tanta maldade, mantendo fome e pobreza.
Imperando toda indignidade, de crime, pecado e vileza.
Mesmo sendo terra da União, o explorador queria tomar
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Josimo Moraes Tavares, estudioso ativo e de todo amor.
Honrando seus avatares, ajudando ao povo trabalhador.
Diminuindo a privação, e não deixando a fome alastrar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Um Pistoleiro contratado, vai matar por dinheiro vil.
Sangue do povo na terra jogado, nossa terra do Brasil.
Vida de um santo irmão, que morre por ao povo ajudar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Em todo lugar é lembrado, não será jamais esquecido.
Humano amigo honrado, que do povo era tão querido.
Sempre dando orientação, pra só dentro da lei trabalhar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Foi Nascido em Marabá, e se tomou do Cristianismo.
Ordenado em Xambioá, no mais pleno do Humanismo
Com amor estendia a mão, de toda forma fazia ajudar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Foi Crime de fazendeiros e com um juiz envolvido.
Criminosos verdadeiros, são como Judas conhecidos.
Uma infâmia para a Nação, fizeram ao Cristo crucificar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Não pode ter luta pela terra, a terra foi por Deus criada.
É desumana qualquer Guerra, terra é pra ser partilhada.
Preocupado com a formação, fazia o seu povo estudar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Todo mundo sendo irmanado, vai partilhar com amor.
Ninguém ficará abandonado, a felicidade do trabalhador.
A Bíblia e a constituição, o suficiente pra a terra ganhar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Defensor intransigente, do Trabalhador rural oprimido.
Queria o bem de toda gente, num desfrute esclarecido.
Com o direito da legislação, nunca se deixando roubar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Humano muito corajoso, Jesus Cristo era sua garantia.
Constitucional e valoroso, queria pra todos a cidadania.
Odiado do rico da região, lhe diziam negro pra insultar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Em abril sofreu atentado, 10 de maio vai ser assassinado.
Por Deus um predestinado, e pelos criminosos marcado.
Morto em emboscada traição, pelas costas vão lhe atirar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Josimos das terras, das águas, com Deus no caminho
Com sofrimentos e mágoas, com Cristo Amor e carinho.
Com Deus Imensidão, dando a vida pro mundo melhorar.
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.


Azuir Filho e Turmas: Do Social da Unicamp e, de Amigos,
de: Rocha Miranda, Rio, RJ e, de Mosqueiro, Belém, PA.

Poesia de homenagem ao Padre Josimo Morais Tavares, nascido em Marabá do Pará,
Era da Comissão Pastoral da Terra, conhecedor e estudioso da região e da questão do usufruto da terra para tornar a vida melhor para todos e a vida de cada um valer a pena, contra o exemplo do acumular as riquezas para poucos, ficando a multidão na fome e na miséria, Um Discípulo de Jesus e seguidor da Idéia de que Deus é o Criador do Mundo e que todo mundo é filho de Deus, e que todos temos de partilhar dos bens da terra para desenvolver todos e não poucos. Muito querido e de muita elevação espiritual e coragem defendeu os camponeses sem terra e foi muito ameaçado sofrendo perseguições e
discriminação raciais por ser Negro, com atentados que chegaram a seu assassinato tão covarde. Muito conhecido, admirado e querido do Povo embora saia pouco na mídia, É um grande Herói,M ártir como Chico Mendes e seguindo para Santidade.
Padre Josimo Tavares com seu Sacrifício e bondade atingiu a imortalidade e seu nome tem uma conotação de Sagrado sendo Orgulho do Povo Brasileiro. Padre Josimo Tavares Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar.

Obra original disponível em: www.overmundo.com.br/banco/padre-josimo-tavares
Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar. Carinho com Gentileza.zoom Padre Josimo Bom Cristão, ensinava o Povo a partilhar. Carinho com Gentileza.
(contribuição enviada por Mariana Rodrigues)

15 comentários:

  1. Estou maravilhada com a criatividade da crônica

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo. Mas tudo mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Mariana Rodrigues31 de maio de 2011 15:12

    Fátima, amiga só faltou mencionar um trechinho d eum memorável artigo seu, dos idos de 2006, chamado "Bailes afrodisíacos":

    ....
    Sobre as declarações relativas à mansão intitulada "República de Ribeirão", matutaria e elocubraria horas a fio, apenas no campo da sexualidade. Não há espaço. Era uma casa de múltiplas finalidades, desde provável entreposto de "grana não contabilizada" a fazer às vezes de "Casa de Encontros", que em São Luís do Maranhão chama-se chateau (leia: chatô). Referendando um dito popular que "O poder é afrodisíaco", Francenildo andou batendo com a língua nos dentes e disse deslumbrado que as camas da mansão eram ma-ra-vi-lho-sas, mas que a do chefe era mais (seria uma daquelas "kings"... travesseiros e edredons de penas de ganso?). Para encobrir o chefe de tão "tenebrosas transações", caíram no crime: violaram sigilo bancário. O mandante permanece incógnito. Tá certo...

    Fico tonta com tantos boatos sobre tantos lugares para "tenebrosas transações", donde fico sem saber: o poder é afrodisíaco ou causa priapismo – não a doença, mas o estado natural de Príapo, filho de Afrodite? Ponderando que Caetano Veloso acertou ao dizer que é um horror e "nada pode prosperar" quando "todo mundo quer saber com você se deita", pontuo que fazer aquilo às custas do dinheiro público é da conta de todo mundo! Eis o que tem de prosperar. Sem moralidade hipócrita e vitoriana: onde está escrito que o povo brasileiro tem de pagar pelos prazeres sexuais dos homens públicos?

    "Bailes afrodisíacos", Fatima Oliveira - de Abril de 2006 - 8h18
    www.vermelho.org.br/coluna.php?id_coluna_texto=61&id_coluna=20 ...

    ResponderExcluir
  4. Fiquei muito impactada com sua crônica, sobretudo pela capacidade de sintetizar uma semana cheia de conflitos em nosso país

    ResponderExcluir
  5. Dra. Fátima Oliveira, você é um baluarte da luta democrática no Brasil

    ResponderExcluir
  6. Fátima,
    Pela sua indicação, fui ler a homenagem ao padre Josimo. Bela homenagem a ele que, tão cedo, nos deixou. Estudei com o Josimo durante alguns anos no seminário e dele só tenho boas lembranças. Que Deus o tenha ao seu lado, a defender-nos e ao nosso povo de tantas injustiças e tantos desmandos.

    ResponderExcluir
  7. Cara Dra. Fátima Oliveira, foi um prazer ler seu artigo tão firme e cheio de lições

    ResponderExcluir
  8. Fátima, há um artigo teu da época das eleições sobre a República que também é marvilhoso. Por não fazer um link para ele?
    Grata

    ResponderExcluir
  9. Fátima Oliveira1 de junho de 2011 00:05

    Oi Noélia, há um link no penúltimo parágrafo, em "República laica" ("Sinto falta de uma República laica e sem patriarcado!").
    Mas atendendo ao seu pedido, decidi reforçar. Em
    após "Publicado no Jornal OTEMPO em 31.05.2011", escrevi:
    "Você também poderá gostar de ler:
    Perdi a paciência: quero a República terrena de volta! - Fátima Oliveira".
    Aproveito para agradecer a tod@s, a leitura e os comentários. E também para dizer que Dona Lô aparecerá em um novo episódio até quarta-feira à noite. Aguardem...

    ResponderExcluir
  10. Felipe Rocha Santos1 de junho de 2011 00:48

    Dra. Fátima Oliveira o seu artigo é criativo e excepcionalmente bom. Disse tudo. Pra bom entendedor meia palavra basta. Arrasou na boa e de boa. No entanto, cadê Dona Lô, minha doutora? Ela tem de se pronunciar nesses assuntos cabelkdos de Palocci e da revista Época. Tem sim, caso contrário, como ficam as conversas de pé de ouvido dela com a nossa presidenta? OXÊ!

    ResponderExcluir
  11. Fátima, tu falaste tudo. Adorei. Um cheiro.

    ResponderExcluir
  12. Fiquei muito tocada com o seu texto porque nos últimos dias minha cabeça é a maior balbúrdia, com tantas coisas cabeludas no mundo político

    ResponderExcluir
  13. Maria das Grças Oliveira Rodrigues3 de junho de 2011 00:27

    Fátima, fiquei de alma lavada lendo o teu artigo. Está demais essa coisa de Dilma com as religiões. Ela tem de se comportar como presidenta de um páis LAICO, ou seja respeitando todas as religiões, mas não concordando que nenhuma mande no governo. Esse Garotinho é ridículo tanto quanto a CNBB.

    ResponderExcluir
  14. Cara Fátima, muito bom o teu artigo. Tenho pensado que o movimento feminista no Brasil nunca se debruçou coma finco sobre os ideias republicanos e o feminismo. É um debate necessário. Creio que poderias, como intelectual feminista, dar uma grande contribuição teorizando mais sobre republicanismo e feminismo.

    ResponderExcluir
  15. Fátima, eu também só quero o mesmo que você

    ResponderExcluir